domingo, janeiro 16, 2005

14:49

A Interpretação em Língua Portuguesa

Paulo Portas, desafiou José Sócrates a pedir desculpas a Bagão Félix, depois do líder do PS ter afirmado que " não acrescentaria um erro e outro erro" ( ver em: http://jornal.publico.pt/2005/01/16/Nacional/index.html ).
O que José Sócrates disse foi: "O que foi feito no Orçamento de 2006 foi um erro, que deu sinais errados, de incentivar ao consumo e não à poupança. Foi uma baixa de impostos demagógica. Para corrigir esse erro, devemos ser inteligentes, não acrescentar a esse erro outro erro" (in: http://jornal.publico.pt/2005/01/16/Nacional/P30.html ) e se eu bem percebi, e estou convencida que sim, o que Sócrates diz é que depois de um erro cometido, não devemos tentar emendá-lo ou mascará-lo para fins de campanha ou quaisquer outros, com mais um erro.
Eu lembro-me relativamente bem das discussões parlamentares a respeito do Orçamento e, sinceramente, não me lembro de ter ouvido ofensas pessoais à honra do Dr. Bagão Félix por parte de nehuma das bancadas da oposição; mas aparentemente o que Portas quer é que o PS, na figura do seu Secretário Geral, peça desculpa a Bagão Félix por este ser "[é] um homem honrado" ( in: http://jornal.publico.pt/2005/01/16/Nacional/P31.html ).
Tudo isto me levanta duas questões:
(1) Como poderemos interpretar o " não acrescentar um erro a outro erro " como dando razão às medidas tomadas por Bagão Félix?
De que maneira é que a palavra "Erro" pode ser interpretada de forma a depreender que se aplica a uma acção correcta?
(2) Desde quando é que por se criticar a acção técnica ( enquanto economista ) ou a acção política ( enquanto ministro ) estamos a criticar directa ou indirectamente a honra de alguém?
Os juristas menos capazes de interpretar o espirito e a letra da lei são más pessoas? Os filósofos de segunda água que contribuiram em pequena medida para o avanço da compreensão da realidade são pessoas pouco honradas? Os carteiros que se enganam a colocar as cartas nas caixas de correio são perdem por isso a sua honra?
Não percebo como é que o CDS/PP confunde críticas económicas ou políticas com crítcas pessoais, mas...talvez sejam apenas Interpretações diferentes da Língua Portuguesa.

Por Ana Saraiva, 0 comments 0 comments

Webpages

Blogger
Google
Público
Diário de Notícias
Agência Lusa
Expresso
The Times

Webpages F

Sporting CP
NBA
ESPN NBA
Chicago Bulls
Hattrick
FIA
Williams
McLaren
F1 CM
Placebo
Elliot Smith
FEUNL
Banco de Portugal
The Economist

Webpages Ana

Faculdade de Letras
Vinicius de Moraes
London Review Of Books
El Mundo
Times Online
WTA Tour
K's Choice

Webpages JR

Blogger
Record
A Bola
O Jogo
James

Weblogs

O Acidental
Abrupto
Margens de Erro
Barnabé
Ópio do Povo
Pancada de Molière
Brainstorm
Prazeres de Mulher
Improvisto
Rititi
Fora do Mundo
Bomba Inteligente
Contra a Corrente
Gato Fedorento

Visitas

Posts Recentes

Sondagem ::: E o que se poderá fazer? :::

Arquivo

Janeiro 2005 ::: Fevereiro 2005 :::

Get awesome blog templates like this one from BlogSkins.com